Ordo Salutis

Venceu Nosso Cordeiro Vamos Segui-LO

15:39

Orações não Insipidas

Postado por Harone Maestri Mattos

Este é um dos fatos admiráveis sobre as orações da Bíblia: quão grandes e abrangentes freqüentemente elas são. Mas não têm aquele tom vago de “Ó Deus, abençoa os missionários”, que parece tão fraco. Às vezes, tentamos remediar este erro, acrescentando: “Devemos fazer orações específicas em favor dos outros, apresentando suas necessidades específicas, e não orações generalizadas”. Isso é verdade. Devemos orar assim.

No entanto, existe outro motivo por que nossas grandes orações cotidianas parecem insípidas, enquanto as grandes orações na Bíblia não o eram. Freqüentemente, as nossas orações não contêm muito da pessoa de Deus e não expressam as grandes bênçãos espirituais que desejamos Deus realize em favor dos “missionários”, ou pelas “nações”, ou pelo “mundo”, ou pelos “perdidos”. As palavras “Deus abençoe” não pareceriam tão vagas e frágeis, se dissessem que tipo de bênção desejamos para eles. Existe um mundo de diferença entre “Senhor, ajuda os nossos missionários” e “Senhor, ajuda os nossos missionários a beberem abundantemente do rio de teus deleites”, ou “Senhor, ajuda os nossos missionários a se regozijarem nas tribulações e lembrarem-se de que as tribulações produzem perseverança, e a perseverança, esperança”.

Orações extensas e generalizadas tornam-se poderosas, quando são preenchidas com os objetivos bíblicos, concretos e radicais, em favor da pessoa por quem oramos. Em Mateus 6.9,10, “Santificado seja o teu nome... faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu” é uma oração sublime, de amplo alcance. Ela roga por duas coisas concretas: que em todo o mundo o nome de Deus seja considerado precioso e que corações sejam transformados para fazerem a vontade de Deus, com o mesmo zelo e pureza que os anjos têm no céu.

Mencionar estes objetivos espirituais, com fervor, transforma nossas generalizações insípidas em generalizações dinâmicas. Portanto, não deixe de fazer orações extensas e de amplo alcance. Por exemplo, em Efésios 6.18, Paulo disse que devemos orar “em todo tempo no Espírito... com toda perseverança e súplica por todos os santos”. Pense nisso. Que inacreditável alcance e generalização. Todos os santos! Você faz isso? Ora por todos os santos? Admito que não o tenho feito com bastante freqüência. Meu coração é muito pequeno. Mas estou tentando levá-lo a esta amplitude. A Bíblia o ordena.

Estas palavras de Paulo não parecem tão simples como: “Ó Deus, abençoa todos os santos”. Parecem robustas e de notável amplitude, como: “Ó Deus, olha para toda a tua igreja, em todos os lugares, e tem misericórdia; desperta-a e dá-lhe nova vida, esperança, pureza doutrinária e santidade, de modo que todos os santos permaneçam fortes e Te glorifiquem em dias de tentação e provação”.

Façamos grandes orações em favor dos bilhões de perdidos e dos milhões de pessoas que vivem na “Janela 10/40”. Paulo disse: “Finalmente, irmãos, orai por nós, para que a Palavra do Senhor se propague e seja glorificada, como também está acontecendo entre vós” (2 Ts 3.1). Oh! que Deus faça esta obra em nossos dias! Encorajo todos os meus leitores a comprarem o livro Intercessão Mundial, escrito por Patrick Johnstone (um guia de oração em favor de todos os países do mundo). Depois, faça orações intensas e abrangentes em favor das pessoas e dos missionários desta vasta região chamada Janela 10/40.

A Janela 10/40 se estende do oeste da África até ao leste da Ásia, de 10o ao norte até 40o ao sul do Equador. Esta região contém três dos maiores blocos religiosos do mundo. A maioria das pessoas entenebrecidas na incredulidade pelo islamismo, hinduísmo e budismo vive na Janela 10/40. Este é o lar da maioria dos povos não-evangelizados.

Embora a Janela 10/40 constitua somente 1/3 da área total da terra, é o lar de aproximadamente 2/3 da população mundial, com aproximadamente 4 bilhões de pessoas. Dos 50 países menos evangelizados do mundo, 37 se encontram nesta Janela. E esses 37 países têm 95% da população total dos 50 países menos evangelizados.

Oitenta por cento das pessoas mais pobres do mundo, vive na Janela 10/40. Em média, eles vivem com uma renda inferior a 500 dólares anuais, por pessoa. Embora 2,4 bilhões dessas pessoas vivam na Janela 10/40, somente 8% de todos os missionários trabalham entre elas. Com certeza, este é um assunto digno de orações intensas, abrangentes e bíblicas!

0 comentários :

Postar um comentário